Google+ Followers

domingo, 17 de março de 2013

O Bambuzal


O Bambuzal 


“O solitário busca o seu próprio interesse e insurge-se contra a verdadeira sabedoria.” (Provérbios 18:1)

Certo dia, um bom homem, plantou um bambuzal em um belo jardim. Os bambus cresceram entrelaçados e viviam se esbarrando uns nos outros. Em um dado dia, o bambu chamado “Insatisfeito”  disse: Não ficarei mais neste bambuzal, pois estou cansado de levar tantos esbarrões diariamente. Então, o “Insatisfeito” saiu do bambuzal e foi viver sozinho, não muito longe daquele lugar. Um dos bambus, chamado “Sabedoria” disse ao “Insatisfeito”: Não faças isso, pois bambus nasceram para viverem juntos, em comunidade. Porém, o “Insatisfeito” não deu ouvidos a estas palavras e viveu solitário, pois já não lhe interessava a vida em comunidade. O tempo se passou, e em uma tarde de verão veio de repente um forte vendaval que sacudia todo o bambuzal de um lado para o outro, porém um bambu se apoiava no outro, de forma que, unidos nenhum deles caiu por terra, porém, não teve a mesma sorte o “Insatisfeito”, pois não havia ninguém em quem se apoiar durante o vendaval, por isso ele caiu e foi grande a sua ruína.

CONCLUSÃO:
A vida em comunidade tem os seus problemas e tribulações, pois sempre estamos levando “esbarrões” uns dos outros, porém, aquele que vive isoladamente busca sua destruição e insurge-se contra a verdadeira sabedoria.